Após paralisação, funcionários retomam as obras do trem de Guarulhos

Após a paralisação nesta quinta-feira e manhã desta sexta-feira (27), os funcionários da obra da linha-13 Jade, do trem de Guarulhos, dos lotes 2 e 4 retomaram aos serviços às 14h, após assembleias e negociações com a empresa  CST, consórcio da obra composto pelas companhias Consbem Construções e Comércio, Serveng-Civilsan Empresas Associadas de Engenharia e TllSA – Triunfo IESA Infraestrutura.

Segundo a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), houve todo o acompanhamento da assembleia e das negociações junto ao consórcio da CST. A CPTM também destacou em nota que caso a obra continuasse paralisada, a companhia iria tomar medidas administrativas previstas em contrato para dar continuidade a obra.

Nos demais lotes da obra, 1 e 3, os trabalhos não foram interrompidos. A paralisação começou após o pagamento de participação nos lucros, previsto para acontecer no dia 30 de outubro, ter a possibilidade de ser cancelado, devido a prejuízos financeiros da empresa.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto