Gilvan Passos revela aumento de 50% no orçamento para custeio de combustível das viaturas da GCM

Apesar de admitir ser insuficiente, o secretário para Assuntos de Segurança Pública, Gilvan Passos, revelou o aumento de 50% no orçamento para custeio de combustível para as viaturas da Guarda Civil Municipal (GCM) em relação à gestão anterior do ex-prefeito Sebastião Almeida, agora no PDT.

“Quando assumimos era R$ 28 mil reais por mês e agora passamos para R$ 42 mil. Mesmo assim, ainda, é insuficiente. O prefeito (Guti-PSB) têm se esforçado, mas infelizmente a falta de dinheiro é um grande complicador”, explicou o secretário Gilvan Passos.

A frota atual da GCM é composta por 19 motocicletas locadas, além de 12 motocicletas patrimoniadas, 45 viaturas e 6 motos destinadas para o projeto do Governo Federal Crack É Possível Vencer. Segundo informações obtidas pelo HOJE, o gasto mensal de combustível é de aproximadamente 40 mil litros. Cada viatura consome em média 30 litros de combustível por dia.

“O prefeito está trabalhando para aumentar o nosso combustível, porém, tivemos que racionar o combustível”, admitiu Passos.
A Guarda Civil Municipal conta atualmente com 782 guardas. Destes, 600 estão em atividade nas vias guarulhenses. Os demais passam por processo de readaptação, afastamento das ruas por problemas clínicos ou exercem alguma função administrativa dentro da secretaria.

Antônio Boaventura
[email protected]