O tenista guarulhense Pedro Sakamoto, 24, viaja no próximo dia 21 para disputar seis torneios internacionais em países como México, Panamá e Estados Unidos, onde participará de campeonatos na Flórida. Sakamoto é da Vila Augusta, em Guarulhos, porém, mora atualmente no Rio de Janeiro, para onde se mudou há três anos e onde realiza treinamentos visando às competições na Tennis Route.
A paixão pelo tênis é de família, já que o pai e os irmãos praticavam por lazer. Sakamoto descobriu o esporte com apenas dez anos, e com 16 anos já começou a disputar os primeiros campeonatos profissionais, além de marcar a primeira pontuação no ranking internacional dos tenistas profissionais, a Associação de Tenistas Profissionais (ATP).

Neste ano, o jovem já disputou três torneios nos Estados Unidos, além do ATP 250 de Quito, no Equador, e o destaque para a primeira participação do guarulhense no Brasil Open de São Paulo, quando conquistou um importante resultado ao vencer o espanhol Tommy Robredo, ex-top cinco do ranking mundial da ATP e vencedor do Brasil Open.

Sakamoto é o oitavo colocado no ranking brasileiro de tenistas profissionais, e o número 436 na ATP. “Minha meta neste ano é ficar entre os 230 colocados no ranking que tem quase dois mil profissionais, e em 2019, jogar o classificatório do Australian Open”, afirmou o maior tenista da história de Guarulhos.
Com 12 títulos conquistados na carreira, o jovem que ainda luta para conquistar o apoio de patrocinadores, pois muitas vezes parte dos gastos com viagens chega a ter ajuda da família, treina de segunda a sábado, durante seis horas, com uma equipe composta pelo capitão da equipe brasileira de tênis, João Zwetsch, Duda Matos, Arthur Rabelo, além do preparador físico Alex Matoso e o fisioterapeuta Paulo Santos.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br
Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here