Na manhã desta terça-feira (10) dez pessoas foram presas durante a operação Lucerna realizada por 90 policiais civis de Mogi das Cruzes e da região do ABC. Os envolvidos tinham como principal alvo o roubo de peças automotivas, sobretudo, de velas de caminhão. A investigação, que estava em curso há dois meses, prendeu ainda quatro receptadores.

Segundo o delegado Alexandre Batalha, titular do 3º DP de Mogi das Cruzes, o modus operandi da quadrilha consistia em alertar os motoristas de caminhões que havia algo de errado com o veículo. Enganados eles paravam e eram feitos reféns. As vítimas ficavam em um cativeiro na cidade de São Bernardo do Campo.

Para não ser rastreados os criminosos usavam bloqueadores de sinal. Uma das cargas roubadas, com velas de caminhão, foi avaliada em mais de meio milhão de reais. Lojas que ficavam Mogi das Cruzes, São Bernardo e na Capital revendiam estes produtos roubados. Os responsáveis por elas foram presos.

Além de Mogi das Cruzes, equipes de policiais de Guarulhos, Santos André e Mauá deram apoio a ação que contou com o apoio de 35 viaturas.

O nome Lucerna é em referência a palavra vela em latim.

Os envolvidos responderão por organização criminosa, receptação, roubo e sequestro. Eles estão sob prisão temporária.

Foto: Polícia Civil/SSP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here