Farmacêutico realiza abaixo-assinado para instalação de Hospital do Câncer em Guarulhos

Farmacêutico realiza abaixo-assinado para instalação de Hospital do Câncer em Guarulhos

O farmacêutico Renato Matroni, 38, criou um abaixo-assinado em uma página na internet (https://bit.ly/2jorTSE), com o objetivo de chegar a 15 mil assinaturas, alegando que Guarulhos carece de atendimento oncológico especializado para os pacientes que tem câncer. A página criada na semana passada, já ultrapassou as 1.300 assinaturas.

“No Hospital Geral de Guarulhos, a parte do tratamento de câncer que é custeada pela rede Hebe Camargo, trata apenas a doença na região da cabeça, pescoço e mama”, afirmou Matroni, que criou a página após ver o amigo Antônio Lopes Marinho, 60, aposentado, ter dificuldades para conseguir o tratamento de câncer no intestino na cidade, sendo encaminhado para conseguir internação no Hospital AC Camargo.

A reportagem do HOJE questionou a Secretaria Municipal da Saúde, que informou ter como o hospital de referência oncológica em Guarulhos o HGG, que é custeado pelo Governo do Estado e estaria ampliando o serviço ano a ano, porém, questionada sobre a dificuldade no tratamento na cidade, a secretaria solicitou que fosse realizado o contato com a Secretaria Estadual de Saúde.

Já a Secretaria de Saúde do Estado afirmou que o nome do paciente citado pela reportagem não consta no cadastro da regulação oncológica, que auxilia no encaminhamento dos pacientes com câncer para tratamentos em serviços de referência, que integram a Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer. O atendimento oncológico pelo SUS é custeado pelo Ministério da Saúde, responsável pelo credenciamento e habilitação de serviços, segundo a saúde do Estado.

A secretaria também esclareceu que o HGG realiza mensalmente mais de mil consultas, recebendo cerca de 950 sessões de quimioterapia e mais de 1,8 mil sessões de radioterapia, além de cirurgias. “Não procede a informação de que não é ofertado atendimento para pacientes com câncer intestinal. A região do Alto Tietê, especificamente, conta com serviços oncológicos de referência no Hospital Geral de Guarulhos e no Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes. O HGG conta com cirurgia oncológica do aparelho digestivo (o que inclui intestino, colon e outros), ginecológico,  mastologia, e cabeça e pescoço”.

Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Foto: Ivanildo Porto

 

 

6 Comentários neste post

  1. Viviane Silva

    Engraçado … até parece frases gravadas porque é sempre a mesma fala clichê “A INFORMAÇÃO NÃO PROCEDE” é sempre assim, nunca a informação para vocês vai proceder já é normal nós cidadãos Guarulhenses escutar isso, de verdade eu estranharia se fosse diferente …. agora me pergunto se estivesse tudo nos conformes, será que haveria insatisfação ?!
    Se toca né

    Responder
  2. O problema não é fazer um hospital do câncer e sim ter médicos capacitados porque meu pai teve que se deslocar de guarulhos pra ir em Mogi das cruzes pra tratar um câncer por que aqui não tem médico pra nada

    Responder
  3. Isabela morais

    Como faz pra assinar o baixo assinado ?

    Responder
  4. Maravilhosa essa ideia, espero que seja um hospital especializado, hoje meu pai tem de ir ate o AC Camargo… É um pouco trabalhoso, mas vale a luta para que possamos obter êxito.

    Responder
  5. Elisabete Raymundo

    E isso ai nossas crianças precisa de um Hospital do Câncer em Guarulhos vai ajuda bastante nossas crianças no tratamento vamos ajudar vamos compartilha e assinar

    Responder
  6. Roberta Coelho de Freitas

    Lutamos pela uma causa justa

    Responder

Deixe seu Comentário