Após mais de 1 ano no cargo, Sérgio Iglesias pede demissão e deixa de ser secretário da Saúde

As trocas no alto escalão do governo do prefeito Guti (PSB) têm sido uma constante durante os quase 20 meses em que está no comando do Poder Executivo.  Nesta sexta-feira (20), o médico Sérgio Iglesias pediu demissão do cargo de secretário e deixou a Secretaria de Saúde. Além dele, a médica Graciane Figueiredo Mechenas também deixou a função de secretária-adjunta daquela pasta.

A dupla Iglesias, que ocupava a função de diretor da Saúde, e Graciane assumiu o controle daquela secretária nos primeiros dias do mês de maio do ano passado. Isso ocorreu em função do desligamento do médico Roberto Lago, que ficou apenas quatro meses no comando da Saúde. Naquela ocasião, Lago alegou problemas particulares como principal justificativa para sua saída.

Neste período em que Guti está no comando do município, esta é terceira troca na gestão da secretária de Saúde. Assim como na saída de Roberto Lago, o prefeito agiu rápido e já anunciou Ana Cristina Kantzos da Silva, que estava na diretoria da pasta, como nova secretaria de Saúde da cidade. Ela deve assumir de forma oficial o posto na próxima segunda-feira (23).

Ana Cristina terá como seu primeiro desafio na condição de gestora à administração do processo de licitação para a gestão do Hospital Municipal de Urgências (HMU), Hospital Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA) e a Policlínica Paraventi. Estas unidades de saúde estão sob o controle do Instituto Gerir, que tem sede na cidade de Goiânia, desde maio do ano passado.

A abertura dos envelopes com as propostas está marcada para o próximo dia 15 de agosto. A entidade que vencer o certame irá realizar a gestão compartilhada da execução dos serviços e demais ações de saúde a serem realizadas nos três equipamentos de saúde municipal, assegurando assistência universal e gratuita à população, no regime de 24 horas por dia.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto