Com suspeita de fraude em licitação no Rodoanel Norte, PF indicia 12 pessoas

A Polícia Federal (PF), indiciou 12 pessoas  por envolvimento em uma suposta fraude em licitação no trecho Norte do rodoanel, que faz parte de Guarulhos. De acordo com o portal G1, a PF viu indícios de fraude em licitação, associação criminosa e falsidade ideológica.

Após essa fase do indiciamento, agora o Ministério Público Federal (MPF), que recebeu a denúncia na sexta-feira (20), irá decidir em uma semana, segundo o portal G1, se oferece a denúncia à Justiça ou se arquiva o caso.

Um dos indiciados neste caso seria o ex-presidente da Dersa, Laurence Casagrande Lourenço. Investigações da PF e Tribunal de Contas da União (TCU) apontam para mais de R$ 600 milhões em superfaturamento somente no trecho Norte da obra.