Moradores reclamam da presença de usuários de drogas no Bosque do Inocoop

Mesmo pouco tempo após a reinauguração, o Bosque do Inocoop já recebeu a primeira reclamação pelos moradores, alegando que no local existe a presença de usuários de drogas. De acordo com uma moradora, que preferiu não se identificar, por mais que seja um espaço aberto às pessoas não respeitam.

“Levei meu cachorro para passear no bosque e já tinham quatro usuários de drogas no local”, afirmou uma moradora, destacando que o espaço da pista de skate seria onde a maior parte dos usuários se encontra. A situação fica complicada porque mesmo diante da iluminação do bosque, isso não estaria inibindo a ação dos usuários de drogas.

“Não tem segurança nenhuma. Você passa durante a luz do dia e já percebe que há a presença de usuários no local”, revelou à moradora. A reportagem do HOJE questionou a Secretaria para Assuntos de Segurança Pública sobre a questão da área, e de acordo com a administração municipal, há um estudo para a implantação de uma base da Guarda Civil Municipal (GCM) no local.

“A Secretaria para Assuntos de Segurança Pública informa que a Inspetoria de Patrulhamento da Área Norte é responsável por efetuar rondas na região do Inocoop diuturnamente e intensificará a atuação no local também com o Canil. Esclarecemos, ainda, que estudos para a implantação de uma base da GCM estão sendo elaborados”.

O local foi reinaugurado no dia 7 de julho, após revitalização de toda sua área de lazer e esportes. O bosque tem uma área de 14 mil m², e oferece pista de caminhada, centro cultural, pista de skate, pet park, aparelhos de ginástica, campo de futebol, quadra de esportes e para a prática de capoeira, além de mesas de jogos com atividades para toda a família.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]