Investigadores do 9° Distrito Policial libertaram um homem de 42 anos, que não teve a identidade divulgada, de um tribunal do crime nesta sexta-feira (14), na região do Malvinas. A vítima que estaria sendo torturada, segundo a Polícia Civil, deveria ser morta nesta sexta-feira. No momento da chegada dos policiais, os indivíduos ligados a uma facção criminosa teriam conseguido escapar.

Durante a procura na região, os policiais prenderam um jovem de 21 anos, suspeito de participar na tortura e também um casal teria sido encaminhado à delegacia para prestar depoimento nesta tarde.

No mês passado, os investigadores do 9° Distrito Policial, prenderam seis homens que seriam ligados à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), e libertaram um jovem de 20 anos que estava sendo torturado na rua Capela do Alto, na comunidade do Coqueiro, na região do Jardim Santa Emília.

Entre os seis indivíduos detidos, dois seriam menores. Em março deste ano, uma equipe da Força Tática deteve sete indivíduos e impediu outro tribunal do crime do PCC n região do Gopoúva.

Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here