Exposição coletiva no Adamastor reúne trabalhos de artistas da cidade

Até o dia 30 de janeiro, diariamente das 9h às 22h, o Salão de Exposições do Adamastor Centro apresenta “Os Meus Sonhos Sonho Eu”, mostra coletiva de artistas da cidade ligados às Artes Visuais. A entrada para a visitação da exposição é gratuita, tem classificação livre e promete causar um impacto visual com a profusão de cores utilizadas.

Sob curadoria de Marcos Paulo Feliciano, o Pato, a exposição reúne trabalhos gráficos de sua autoria e de artistas como Bemik, Bera, Beth, Biro, Bugi, Chiss, Claudinei M, Cris, Cyrackz, Fernando FND, Goro, Guilherme, Hulk, JotaPe, Kici, Less, Pato, Pórx, Savana, Sidão, Spin e Uebis, além de intervenções realizadas no local, que transformaram visual e radicalmente o espaço de exposições do Adamastor.

Em sua maioria, as obras retratam o modo como cada artista representou o tema. Duas do artista gráfico Jota Pe compõem a exposição e, para ele, elas objetivam tirar as pessoas de uma espécie de zona de conforto, colocando-as na contramão de pensamentos enraizados e comportamentos repetitivos.

“Cada pessoa tem seu sonho, muitas delas vivem uma ilusão, então, essa exposição é uma forma de questionar o que parece empurrá-las numa só direção, mais conectadas pela tecnologia do que pelo relacionamento com o outro”, explica o artista.

De acordo com o curador Pato, o intuito da mostra é proporcionar ao público o poder de voltar a sonhar, mesmo com a dura realidade em que se vive hoje. “As pessoas brigam o tempo inteiro sem nem saber o porquê, falta de tolerância, respeito e compaixão”, observa o artista.