A Prefeitura de Guarulhos referenciou nesta terça-feira (4) um grupo de 15 refugiados venezuelanos que estão vivendo na Casa Minha Pátria, conhecida como Cristolândia, localizada no Centro. Na próxima terça-feira (11) a equipe da Prefeitura irá referenciar outros nove venezuelanos que estão abrigados no Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Guarulhos, no Macedo. Todos estes 24 refugiados chegaram ao município no último domingo (2).

A ação realizada pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, por meio do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e da Gestão do Programa Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), visa ofertar serviços socioassistenciais ao grupo. Além disso, são realizadas inscrições para o Programa Acessuas Trabalho e distribuídas cartilhas para orientação do trabalhador estrangeiro no Brasil, elaboradas pelo Governo Estadual.

Este ano, o município já recebeu 75 refugiados da Venezuela, sendo que 27 foram acolhidos pela Casa Minha Pátria, e outros 48, pelo Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Guarulhos.

Há oito anos, quando se instalou a crise político-econômica na Venezuela, a população desse país tem imigrado para o Brasil em busca de refúgio, trabalho e melhores condições de vida. Este fluxo tem aumentado principalmente em Roraima, mas também acontece em outros estados. Muitos imigrantes estão em condições de extrema vulnerabilidade, pois não possuem emprego nem moradia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here