Corrida no Aeroporto de Guarulhos reúne 1.500 pessoas

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Na manhã deste domingo (01), às 11h, ocorreu a Gol Airport Run, uma corrida de cinco quilômetros na área do Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos, que contou com a participação de 1.500 pessoas. O evento ocorreu próximo ao estacionamento localizado no Terminal 3, e também contou com atrações musicais, além de aquecimento coletivo antes da prova.

“O ambiente é muito bacana e motivador, além de ser uma bela parceria entre a companhia aérea Gol com a administradora do aeroporto”, destacou o analista de sistemas Sebastião Noronha Tavares, 32, que participava de sua segunda prova na área do aeroporto. Os três primeiros colocados no masculino e feminino, ganharam passagem aérea para qualquer destino nacional ou internacional operado pela Gol, com direito a acompanhante.

Vencedor da prova de 5 km no masculino, André Luiz Silva Antônio.

No masculino, o vencedor foi André Luiz Silva Antônio, com a corrida finalizada em apenas 14h29 minutos. O segundo lugar ficou com Wellington Bezerra da Silva, e o terceiro, com Edmilson dos Reis Santana. Já no feminino, a vencedora foi July Ferreira da Silva Abrão, a segunda colocada, Jaciane Barroso de Jesus e a terceira na prova foi Giovanna Costa Martins.

No feminino a vencedora foi July, que apenas na parte da manhã disputou duas provas, com um intervalo de apenas uma hora.

“Eu não ia participar porque no início da manhã corri em uma prova na região do Anália Franco, onde fiquei em segundo lugar. Neste ano, em cinco corridas de rua, já consegui vencer quatro”, afirmou July, destacando que está no atletismo há 12 anos e o que o ponto forte para a conquista da última corrida foi o quilômetro final da prova.

Já o campeão masculino, que trabalha no Hospital das Clínicas de São Paulo, com a elaboração de prótese e órtese, informou a reportagem que é atleta há 15 anos, e corre sempre na parte da madrugada, após a saída do serviço. “Eu sabia que iria ser difícil, mas meu objetivo era fazer o meu melhor e consegui a vitória. Ano que vem eu pretendo voltar, porque é um evento maravilhoso e agora é se preparar para correr a São Silvestre”, informou.

Questionado sobre qual destino iria escolher para a viagem após ganhar a corrida, Antônio destacou que será Buenos Aires, na Argentina. “Ganhei uma corrida que dava direito a disputar uma prova em Buenos Aires, e queria levar minha esposa e meu treinador, e com direito a passagem com acompanhante, irei levar os dois e só terei que pagar por uma passagem”, revelou o morador de Itaquera, na zona leste de São Paulo.

Fotos: Divulgação