Prefeitura envia proposta para Sindicato encerrar a greve dos médicos

Apesar da greve realizada pelo Sindicato dos Médicos de São Paulo não estar afetando os atendimentos na rede municipal de Guarulhos, devido à baixíssima adesão ao movimento iniciado há duas semanas, a Prefeitura encaminhou nesta segunda-feira uma nova proposta à categoria. A secretaria municipal de Saúde, Ana Cristina Kantzos, explicou que atenderá algumas reivindicações, como a nomeação de todos os médicos aprovados no último concurso em razão do déficit reconhecido por ambas as partes. 

Nesta segunda-feira, apenas 19 médicos ainda aderiam ao movimento. 
Fica definido que serão agendadas até quatro consultas por hora nas unidades de saúde para cada médico, para não prejudicar o atendimento. O Sindicato exigia atender menos pacientes, apenas três. A administração também informa que haverá o cumprimento de horário de almoço.

  
A Prefeitura aceita também não descontar os dias parados, desde que os médicos que aderiram ao movimento compensem o período de paralisação em atendimento à população.   


 A proposta será encaminhada pelo Sindicato para uma Assembleia, que deve acontecer nesta terça-feira, 17, quando o movimento pode ser encerrado.