Ministério da Saúde deve liberar mais 30 mil testes de Covid-19 para Guarulhos

Em reunião realizada nesta segunda-feira (31), no Paço Municipal, o assessor especial do Ministério da Saúde, Airton Cascavel, e o superintendente de São Paulo da pasta, José Carlos Palodeto, anunciaram ao prefeito Guti, que o governo federal deverá liberar para Guarulhos nos próximos dias 30 mil testes para Covid-19, sendo 20 mil testes rápidos para serem aplicados em pessoas assintomáticas, além de outros 10 mil PCR, para pacientes com síndromes gripais, que podem ser casos de Covid-19.

O secretário municipal de Saúde, José Mário Stranghetti Clemente, informou que pretende realizar novos mutirões na cidade com os testes rápidos, que também devem ser aplicados em passageiros do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, conforme exigência do Ministério da Saúde. “A cidade é importantíssima por ser a porta de entrada do Brasil”, explicou Cascavel, que veio a Guarulhos representar o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Já os testes de PCR, que indicam se um determinado paciente está com Covid-19, poderão ser utilizados em um mutirão à parte, voltado para pessoas sintomáticas, que podem ter ou não a confirmação da contaminação pelo coronavírus. Para Stranghetti, a testagem em massa utilizando as duas formas de exames ajudará muito Guarulhos neste momento em que os números indicam um declínio na expansão da pandemia.  A reunião contou também com a presença de outros assessores do Ministério da Saúde e do deputado Cezinha de Madureira, que interveio junto ao Governo Federal para a liberação dos testes para Guarulhos.