Cidade: Em Guarulhos, Deic prende dupla responsável por tentativa de latrocínio ocorrido em 2019

Da Redação
[email protected]

A Polícia Civil, por meio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), prendeu um homem e uma mulher envolvidos em uma tentativa de latrocínio ocorrido em abril do ano passado, em Guarulhos. As detenções ocorreram na mesma cidade do crime. Entre os detidos está a mulher que planejou o roubo de um malote da empresa do próprio avô, enquanto o segundo detido foi responsável pelos disparos que quase matou a vítima.

As apurações do caso foram desempenhadas pela 2ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra o Patrimônio (Disccpat). Os agentes trabalhavam na identificação de integrantes de uma quadrilha especializada em roubos de carga, quando, em dezembro de 2019, conseguiram prender um dos envolvidos, inclusive participante do roubo ao malote.

Durante os levantamentos feitos pelos policiais civis, surgiram informações sobre os outros autores do ataque ocorrido em Guarulhos, sendo possível, após mais investigações, esclarecer detalhes do caso e identificar os demais responsáveis.

Segundo o delegado que coordenou os trabalhos, Fábio Sandrin, o ataque foi realizado a partir de informações privilegiadas da própria neta do dono da empresa proprietária do malote. O companheiro da moça, outros dois homens (um deles preso em dezembro) e uma mulher também tiveram participação no crime, que quase culminou na morte do responsável pelo transporte da carga (vítima), ferido por disparos no rosto.

No início da pandemia do coronavírus, a mulher envolvida foi detida. A neta e o autor dos disparos foram presos hoje, sendo apreendidas também as armas utilizadas no crime. O companheiro da neta, por sua vez, continua foragido. Diligências prosseguem.