Câncer de pulmão é o que mais mata em Guarulhos e no mundo

No Dia Mundial do Câncer, considerado nesta quarta-feira (4), a cidade de Guarulhos não tem muito o que comemorar. A cidade registrou um total de 902 mortes em decorrência da doença em 2020, o câncer mais letal é o de pulmão.

O câncer em suas várias formas, uma das doenças mais terríveis, mata milhões de pessoas a cada ano. Segundo especialistas, o principal fator de risco é o tabagismo. Sendo que o cigarro aumenta a possibilidade de 20 a 30 vezes mais do indivíduo adquirir a doença. Em sequência, está o câncer de mama, com 89 mortes no ano de 2020, já o de estômago vêm em terceiro lugar que mais matou no ano passado com 66 casos.

Os dados apresentados pela Secretaria de Saúde de Guarulhos mostram evolução principalmente no combate ao tabagismo, responsável por cerca de 85% dos casos desse tipo de tumor, mas também importantes desafios para o futuro, principalmente em relação ao diagnóstico precoce, notificação de casos da doença e investimento em pesquisa.

O câncer de pulmão é o tipo de tumor que mais mata na cidade. Dois dos fatores que contribuem para esse quadro são a subnotificação dos casos e o diagnóstico tardio da doença.

O Dia Mundial do Câncer tem como objetivo aumentar a conscientização e a educação global sobre a doença, além de influenciar governos e indivíduos a se mobilizarem para o controle do câncer, evitando milhões de mortes a cada ano.