CEU Parque São Miguel passa por revitalização total

Cores vivas, ampliação de espaços e ambientes mais acolhedores. Com a revitalização de áreas externas e internas e as novas instalações do CEU Parque São Miguel, a unidade se tornou ainda mais receptiva para seus frequentadores. Nos últimos meses, o espaço recebeu diversas ações de zeladoria, como pintura, iluminação, instalação de academia ao ar livre, playground acessível, entre outras transformações que têm como foco proporcionar à comunidade momentos de diversão, conhecimento, bem-estar e qualidade de vida.  

As mudanças deixaram o ambiente ainda mais aconchegante e preparado para receber o público assim que o período de distanciamento social causado pela pandemia passar. Desta forma, os munícipes poderão interagir e desfrutar com maior segurança do espaço.

Logo na entrada, o colorido com pinturas geométricas toma conta das paredes das salas multiuso e do solário, onde, além de interagir com outras pessoas, é possível relaxar. Os ambientes receberam identificações dos espaços com placas informativas, as lousas foram substituídas por modernas peças de vidro e a recepção foi adequada conforme os protocolos sanitários, utilizando tinta antibacteriana. Acompanhando a nova pintura, diversas frases motivacionais compõem o novo visual, ressaltando a importância da educação, cultura, esporte e lazer para o bem-estar físico e emocional da comunidade.

A biblioteca agora possui layout diferenciado, com a substituição da grama sintética por piso adequado e cores mais claras, proporcionando um clima tranquilo para momentos de leitura. Todo o espaço foi planejado e acompanhado pela coordenadora de Programas Educacionais de Guarulhos, Solange Guimarães, e pela equipe de bibliotecários da Secretaria de Educação, servindo de modelo para que seja implantada em outras escolas da rede.

Arte, autocuidado e vida

As portas dos banheiros também receberam intervenções artísticas. De acordo com a coordenadora do CEU Parque São Miguel, Luciene Almeida Andrade, a proposta tem como objetivo fazer com que os jovens que frequentam a unidade possam se identificar com pinturas de meninos e meninas de diferentes etnias brasileiras. “Grande parte do nosso público é composto por adolescentes de escolas estaduais da região, que muitas vezes não sabem se aceitar, lidar com suas aparências, fazendo com que aconteçam casos de suicídios. Com essa proposta, o vandalismo diminuiu de forma significativa, pois eles se reconhecem, além de nos ajudar com a preservação do espaço”.

Em meio à pandemia, os trabalhos de revitalização não pararam, fruto do engajamento da coordenadora de Centro Educacional por meio do planejamento dos membros Conselho Gestor do CEU. No parque, os pais e filhos poderão se divertir com a instalação dos brinquedos feitos com material resistente e do playground acessível com rampa e brinquedos para as crianças com deficiência física.

Os grafites contaram com a criatividade de grandes artistas da cidade e a pintura interna e externa do CEU Parque São Miguel foi realizada pelo grafiteiro João Paulo dos Santos Rodrigues, conhecido como JotaPe. Já a arte do ginásio poliesportivo foi elaborada pelos grafiteiros Márcio Cardoso, o Bigzullu, e Thiago dos Santos, o Pretoman.