Consumo de bebidas poderá ocorrer até 22h

O governo de São Paulo amenizou as regras para consumo de bebida alcoólica em restaurantes nas regiões que estão na fase amarela do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena, como é o caso da capital. “O consumo de bebida alcoólica poderá ser realizado até 22 horas, respeitando a capacidade de 40% dos estabelecimentos, com todos sentados”, explicou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen.

A medida foi anunciada ontem, juntamente com nova reclassificação. As regiões de Presidente Prudente e Barretos, com 84,3% e 82,2%, respectivamente, de ocupação dos leitos de UTI para covid-19, regrediram para a fase vermelha, a mais restrita. As mudanças passam a valer a partir de segunda-feira e as duas regiões se juntam a outras duas que permanecem na fase vermelha: Bauru, com 93,2% de ocupação dos leitos, e Araraquara, com 84,7% – a cidade está em lockdown para tentar frear a contaminação. “Já Franca foi para a fase laranja e Sorocaba para a amarela, por melhorar índices”, disse Patricia Ellen. No Estado, a média de ocupação de leitos de UTI para covid-19 está em 66,7%.

Nesta sexta-feira, São Paulo chegou a 1.960.564 casos (11.105 registrados em 24 horas) e 57.499 mortes (259 registradas em 24 horas). Segundo Jean Gorinchteyn, secretário de Estado da Saúde, pode estar havendo um represamento dos números de covid-19 por causa do feriado de carnaval. Até por isso, o governo evita falar em diminuição nos índices. Até o momento, 1.932.017 pessoas já foram vacinadas no Estado.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.