Igrejas estarão abertas para orações, mas sem missas em Guarulhos

Dom Edmilson Amador Caetano, bispo de Guarulhos, cancelou a celebração das missas com a presença do público na cidade. A decisão, que foi dada hoje (12), atende a determinação do governador João Doria e começa a vigorar na próxima segunda-feira (15).

“Salvaguardada a possibilidade da celebração da Missa sem povo, pelos sacerdotes, conforme as normas do missal Romano”, diz o comunicado.

O documento também solicita que as paróquias da cidade façam a transmissão ao vivo das missas nas redes sociais e que continuem abertas, por um certo tempo pelo menos, para que os fiéis possam fazer suas orações pessoais, conforme melhor puderem se organizar.

A definição vale até o fim do mês de maço, mais especificamente até o dia 30. Também orienta que a entrega da hóstia aos seus fiéis seja feita em um horário fora da celebração eucarística, em horário e locais apropriados.