Guarulhos contabiliza 92 óbitos por câncer de mama em 2021

Foto: de Klaus Nielsen / Pexels

Guarulhos registrou entre os meses de janeiro e setembro deste ano um total de 92 mortes por câncer de mama. No ano passado, foram 162 guarulhenses vítimas da doença no município, de acordo com dados da Secretaria de Saúde. Em 2020 o câncer de mama se tornou o que mais atinge pessoas no mundo, segundo a Agência Internacional para a Investigação do Câncer da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Desde 2015, pacientes oncológicos da cidade podem receber atendimento especializado através da Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer, localizada no Hospital Geral de Guarulhos. A ala realiza os tratamentos com assistência integral nas diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e o hospital é referência regional para os tratamentos. Durante a pandemia, o atendimento seguiu e segue normalmente. 

Com o início do mês de outubro, as campanhas de prevenção e tratamento contra o câncer de mama tomam força em todo país. Intitulada Outubro Rosa, promove a conscientização e facilita o acesso a diagnósticos e tratamentos da doença. Ainda assim, os exames de rotina e autoexames de toque devem ser realizados durante todo o ano, assim como a atenção aos possíveis sinais da doença, para facilitar o diagnóstico precoce e tratamento do câncer. 

Câncer de mama em homens 

Assim como as mulheres, principal foco das campanhas de combate ao câncer de mama, os homens também podem desenvolver a doença. O desenvolvimento no sexo masculino é raro, mas ainda que em pequena quantidade, eles também possuem glândulas mamárias e hormônios femininos no organismo, fazendo com que o câncer se desenvolva.

O diagnóstico, nesse caso, é mais complicado. Não existe um tratamento precoce, já que não são feitas mamografias de rotina neles. Por isso se torna tão importante a atenção e o exame constante de auto toque masculino. 

Os sinais de câncer de mama são aparições de caroços na mama, inchaços próximos ou secreções no mamilo e dor unilateral da mama. No entanto, inchaços e caroços na região da mama masculina podem ser confundidos também com a ginecomastia, que é o aumento benigno da glândula mamária do homem. Mas, apesar disso, a ida ao médico com qualquer início de sintomas é o indicado.