Passageiro é preso por transportar cocaína dentro de velas religiosas no aeroporto

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal prendeu na madrugada de hoje (28), um guineense identificado pela equipe do canil da Receita Federal transportando cocaína em sua bagagem no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

 Servidores da Receita Federal, que atuam com o auxílio de cães farejadores, separaram algumas malas cujas imagens do aparelho de raio-x indicavam a presença de matéria orgânica em seu interior. Ao passar com os cães pelas bagagens, uma delas despertou interesse dos animais. O passageiro proprietário da mala, que iria ser introduzida em voo para Addis Ababa, na Etiópia, foi localizado já dentro da aeronave e conduzido à sede policial para que, na presença de testemunhas, sua bagagem fosse periciada. Os policiais identificaram a substância encontrada, envolta em fita adesiva na cor de cada uma das 20 velas religiosas que estavam na bagagem do suspeito, como cocaína, cujo volume total somou 10 Kg. O suspeito, nacional da Guiné, de 57 anos de idade, que estava no país na condição de residente, recebeu voz de prisão. O destino final de sua viagem era a cidade de Conacri, na Guiné.

O preso será apresentado à Justiça Federal onde responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.