Governo de SP assina contrato para projeto da Linha 19-Celeste do Metrô que chegará no Bosque Maia

Foto: Governo do Estado de São Paulo

O Governador em Exercício Rodrigo Garcia assinou, nesta terça-feira (21), o contrato para a elaboração do projeto básico da Linha 19-Celeste, que vai ligar o Bosque Maia, em Guarulhos, à estação Anhangabaú, no centro de São Paulo. O Governo de SP vai investir R$ 93 milhões na contratação do projeto, que deve ser finalizado em 25 meses.

“Estamos dando um passo fundamental em duas ações importantes para a sociedade no mundo moderno. A primeira delas é a mobilidade urbana. Nós assinamos aqui a ordem de serviço, o contrato, para que o consórcio de engenharia faça o projeto funcional da Linha 19-Celeste. Estamos ligando a capital de São Paulo a segunda maior cidade de São Paulo, que é Guarulhos. A segunda notícia grande e boa para a cidade de Guarulhos é o Hospital da Mulher, uma obra inacabada que vai efetivamente se transformar em um centro de referência da mulher”, disse Rodrigo.

O projeto básico da Linha 19-Celeste será desenvolvido pelo Consórcio MNEPIE, que venceu a licitação para os trabalhos. O documento vai definir o formato final do traçado da linha e localização das estações, servindo de base para a contratação do projeto executivo e das obras. O projeto também indicará o modelo de captação de recursos financeiros.

A Linha 19-Celeste deverá ter 17,6 km de extensão e 15 estações no trecho inicial entre Bosque Maia e Anhangabaú, com a previsão de cinco estações em Guarulhos, passando também pelas regiões de Jardim Brasil, Vila Maria (zona norte) e Pari, conectando-se às linhas 1-Azul, na estação São Bento, e 3-Vermelha, na estação Anhangabaú.

Os estudos iniciais estimam uma demanda de mais de 620 mil pessoas por dia no trecho Bosque Maia – Anhangabaú, possibilitando reduzir a emissão de 727 toneladas de poluentes, 75 mil toneladas de gases de efeito estufa e 37 milhões de litros de combustível por ano. Quando pronta, a linha vai reduzir pela metade o tempo de deslocamento do Bosque Maia ao Anhangabaú, passando de 60 para 30 minutos estimados.