PF prende homem transportando pau-brasil em Guarulhos

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, prendeu na tarde desta terça-feira (12), um passageiro na posse de madeira cuja extração, transporte e comercialização são proibidos, em razão de se tratar de espécie ameaçada de extinção.

Policiais federais, acionados por servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que fiscalizavam as bagagens despachadas por passageiros de voos internacionais, prenderam um empresário brasileiro, de 56 anos de idade, que tentou embarcar para a Inglaterra, em voo com escala na França, com 234 peças confeccionadas com pau-brasil. O suspeito, que possui empresa comercializadora de artefatos para produção de instrumentos musicais, já havia sido multado, no ano de 2021, em mais de cem mil reais pelo mesmo motivo. Segundo informações dos responsáveis pela apreensão, as peças apreendidas alcançam, no mercado nacional, um total de mais de trezentos mil reais e no mercado internacional são negociadas em libras. Foi apurado que o suspeito estava acompanhado de outros dois homens que estão sendo procurados, pois se evadiram do embarque após a abordagem do suspeito.

O pau-brasil é espécie ameaçada de extinção e foi incluída em norma da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas (CITES), que estabelece critérios rigorosos de comercialização e na Instrução Normativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA), que reconhece o pau-brasil como espécie da flora brasileira ameaçada de extinção.

O suspeito será apresentado à Justiça Federal.

- PUBLICIDADE -