Skatistas denunciam abandono de pistas para a prática do esporte em Guarulhos

Foto: Giovanna Silvério

Apesar de o skate brasileiro ter ganhado relevância no cenário mundial com as medalhas de prata conquistadas nas Olimpíadas de Tokyo, além dos inúmeros títulos mundiais, a cena do esporte em Guarulhos continua não sendo das mais animadoras. O reflexo disso é o abandono das pistas de skate pela cidade.

Mateus Costa, que é advogado e também skatista, revelou que os pontos mais críticos são as pistas localizadas dentro do Bosque Maia e outra que fica em um parque da rua Prefeito Rinaldo Polli, no Jardim City. “As pistas, na situação que estão atualmente, oferecem riscos para a população, principalmente as pessoas que frequentam, inclusive as crianças que as utilizam. Ultimamente a situação de cada uma das pistas só vem piorando”, explicou.

Ainda de acordo com Costa, por iniciativa dos próprios skatistas, eles começaram a reformar a pista do Bosque Maia.

Além da sujeira, outro ponto que incomoda os frequentadores do Jardim City é a falta de iluminação e até mesmo de lixeiras. Com a escuridão, os moradores deixam de frequentar o local por medo. Segundo Ericksson Martins, skatista de 27 anos e agente de viagens, esta pista está bastante destruída. “A ideia é que a prefeitura reforme todas. Mas, a do Bosque Maia e a do Jardim City são as que estão piores e precisam de cuidados mais urgentes. Uma outra pista que fica na Praça Mamonas Assassinas, no Parque Cecap, está um pouco melhor quando comparada com as outras, porém, também precisa de alguns reparos e de um banheiro químico”, afirmou.

Em nota, a Secretaria de Meio Ambiente informou que “os procedimentos de manutenção da pista de skate do Bosque Maia, que teve alguns danos na estrutura provocados deliberadamente pelos usuários, tiveram início nesta segunda-feira (21) e prosseguirão durante a semana”.

- PUBLICIDADE -