Velório de vítimas de acidente aéreo na Colômbia será na Arena Condá

O velório das vítimas do acidente aéreo que faziam parte do elenco da Chapecoense será realizado na Arena Condá. A prefeitura de Chapecó oficializou a informação nesta quarta-feira (30). A cerimônia ainda não tem data e horário confirmados.
Às 14h desta quarta-feira (30) foi realizada uma simulação da cerimônia na Arena Condá: chegada, entrada no estádio e outros procedimentos. Os corpos das vítimas que faziam parte do elenco do time catarinense devem chegar a Chapecó nesta sexta-feira (2) e então os trâmites para o velório coletivo iniciarão.

“Imaginamos que na sexta-feira os corpos estejam aqui, mais tardar no sábado. Todos os corpos vêm pra cá, porque os familiares já estão aqui, então não vai ser em São Paulo (a identificação pelos familiares para posterior velório). A partir daí, o velório será na Arena Condá. Depois será feita logística para os envios para estados e municípios”, disse o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Gelson Merisio.

Merisio era para estar no avião que caiu com o elenco da Chapecoense, próximo a cidade de Medellín, na Colômbia, mas não embarcou por conta de compromissos e por causa da agenda do prefeito Luciano Buligon. Assim, eles viajariam depois, em outro voo.
“Assim como aconteceu comigo, aconteceu com mais quatro pessoas. Mas eu não pensei nisso. O governo está focado no amparo às famílias. A melhor homenagem que podemos levar para as família é rapidamente reerguemos. O mais difícil é ver as famílias, as crianças… Temos que usar a energia positiva que vem do mundo inteiro”, comentou.

Na noite desta quarta-feira (30), às 21h45, horário em que a Chapecoense enfrentaria o Atlético Nacional, na primeira partida da final da Copa Sul-Americana, os torcedores – tanto em Chapecó como na Colômbia – fariam uma homenagem aos mortos com orações.