Em meio à rotina de vitórias e eficiência do Corinthians neste Brasileiro, outro padrão já está detectado: quando o time perde pontos, costuma se contra adversários mal posicionados na tabela. Neste sábado, em casa, o líder voltou a tropeçar contra um adversário em posição muito desfavorável. No caso, o lanterna Atlético-GO, que venceu por 1 a 0, talvez o resultado mais improvável do campeonato, neste sábado (26).

Dos 15 pontos que o time de Fábio Carille deixou pelo caminho na competição, 13 foram contra adversários que hoje estão na metade de baixo da classificação. Mais curioso é o fato que, desses 13 pontos, sete foram contra equipes que estão na zona de rebaixamento: Avaí (dois), Vitória (três) e, agora, mais três contra o Atlético-GO, em seu segundo revés. Do pelotão de frente, só o Flamengo conseguiu adicionar a esta conta de pontos perdidos do líder, com um empate na 17ª rodada.
O lanterna, aliás, procurou repetir a fórmula aplicada pelo Vitória na rodada passada para impor ao Corinthians a primeira derrota no campeonato, por 1 a 0. Que foi, basicamente, montar uma retranca, para, depois, apostar em contra-ataques.

A diferença: os visitantes dessa vez não tiveram tanta velocidade nos contragolpes. E também deram mais chances aos corintianos de se aproximarem de sua meta.
Ainda assim, o time goiano conseguiu sair de São Paulo com três pontos graças à velha combinação de bola parada e jogo aéreo. Aos 2 min do segundo tempo, o zagueiro Gilvan se antecipou no primeiro pau e fez o gol da vitória. Para o líder, fez falta a presença do artilheiro Jô, suspenso, como referência ao centro, por mais que o retorno de Jadson ao time titular ajude na articulação.
O Corinthians enfrenta o Santos em clássico em 10 de setembro, na Vila Belmiro.

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here