Guarulhos é alvo de operação sobre fraude em licitação de merenda escolar

Guarulhos é alvo de operação sobre fraude em licitação de merenda escolar

Nesta sexta-feira (06), agentes da Polícia Federal  (PF) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), realizaram a Operação Cadeia Alimentar, prendendo suspeitos de fraudar licitações de merenda escolar em 32 cidades do estado de São Paulo, entre elas Guarulhos, de acordo com o site G1, que também foi um dos alvos de busca e apreensão.

Além de Guarulhos, outras cidades que também foram alvo são Aguaí, Altinópolis, Americana, Barretos, Cubatão, Guaíra, Guariba, Iperó, Itápolis, Jaboticabal, Jandira, Jarinu, Limeira, Luiz Antônio, Mirassol, Mococa, Orlândia, Paulínia, Peruíbe, Pirassununga, Pontal, Promissão, Santa Rosa de Viterbo, Santa Bárbara d’Oeste, Santos, São Carlos, São Joaquim, São Roque, São Vicente, Sorocaba e Vargem Grande do Sul.

Ao todo, foram nove mandados de prisão na operação e 29 de busca e apreensão. Empresários seriam suspeitos de pagar até R$ 1 milhão em propinas. A reportagem do HOJE entrou em contato por telefone com a Polícia Federal da cidade de Ribeirão Preto,  responsável pela coordenação dessa operação, procurando saber maiores detalhes sobre a operação em Guarulhos, porém, não houve resposta até o final desta edição.

A operação começou a ser investigada em 2015, quando os agentes teriam descoberto que um frigorífico estaria pagando propina a agentes da Receita Federal, com o objetivo de diminuir os impostos.

Foto: Divulgação Polícia Federal

Deixe seu Comentário