Equipamentos de academia popular no Bosque Maia estão enferrujados e quebrados, diz moradora

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A dona de casa Reginalva Fusco, 59, que frequenta o Bosque Maia há 20 anos, alegou em entrevista ao HOJE, que nunca tinha visto os equipamentos da academia popular do bosque sem manutenção e quebrados como está acontecendo agora. De acordo com Reginalva, o número de aparelhos que antes chegava a dez, agora passou para quatro, e a maioria está enferrujada.

“Há lixeiras quebradas no bosque também, e além da falta dos aparelhos, quando vou ao local para fazer exercícios, também verifico que há parafusos no chão. Está abandonado”, destacou a dona de casa, alegando que diversas pessoas realizam atividades no local, e que sem a manutenção, há o risco de ocorrer algum acidente.

Segundo Reginalva, a área destinada à parte de academia popular fica próxima ao espaço das crianças, que de acordo com a aposentada, está em ótima qualidade. “O parquinho das crianças está bom, mas em nossa parte a situação está precária”, afirmou, além de destacar que um dos últimos aparelhos retirados teria sido no inicio deste ano.

No local, haveria também dois equipamentos quebrados. Em nota, a administração municipal destacou que 24 novos aparelhos de academia popular do Bosque Maia estão em fase de aquisição, e alguns foram retirados devido à falta de peças para a reposição. “As lixeiras são constantemente substituídas, porém sofrem depredações quase que diárias”.

Foto: Ivanildo Porto