Usuária reclama da falta de médico no PA Paraventi e UPA Paulista

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A diarista Valéria Vieira Patrocínio, 40, alegou em entrevista ao HOJE que saiu de casa no domingo (07), e foi até a Policlínica Paraventi, localizada na rua Joracy de Camargo, no bairro do Jardim Paraventi, porém, chegando ao local, não havia nenhum médico para atender. Diante dessa situação, Valéria foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Paulista, e no local, só havia um médico.

“Cheguei a UPA às 19h30, e como só havia um médico, fui atendida somente às 22h40. Nem copo descartável havia na unidade”, afirmou Valéria, destacando que quando foi atendida, o médico não a teria examinado e  passou somente um medicamento. “Como também não tinha copo, tive que tomar o remédio na seringa, dentro da minha boca. Fiquei igual um passarinho”, destacou.

A usuária compareceu até a unidade porque estava com dor nas costas. Já em nota, a Secretaria de Saúde informou que está com processo seletivo para a contratação emergencial de médicos em andamento e que o PA Paraventi é uma das prioridades para a reposição de profissionais.

“Sobre a falta de copos na UPA Paulista, a Secretaria de Saúde informa que já efetuou o pedido e está aguardando o fornecimento”, afirmou a secretaria.

Foto: Ivanildo Porto