Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Esta quarta-feira (15) é dia de festa para os 18 integrantes e para a presidente da Banda Lira de Guarulhos, Dolores Nievas Aniceto Testai, de 84 anos, conhecida como “dona Lola”, já que agremiação musical completa 111 anos de muita tradição. Criada por italianos, segundo “dona Lola”, o grupo continua alegrando a cidade, e neste ano, já participou de três bailes, incluindo o Bosque Maia e Vila Galvão.

O HOJE conversou na tarde de terça-feira (14) com a presidente da Banda Lira para conhecer algumas histórias do grupo. Com diversas fotos antigas da banda sobre a mesa, incluindo uma imagem no ano de 1926, “dona Lola” lembra que o grupo foi considerado como utilidade pública da cidade em 1968. Em 2002, a banda começou a realizar o tradicional Baile da Melhor Idade.  

“A Banda Lira sempre foi tudo em Guarulhos, pois tocávamos em casamentos, enterros, inauguração de ruas e também quando chegava alguma personalidade de São Paulo para a cidade”, destacou. A presidente chegou em Guarulhos em 1949, após morar no bairro do Tucuruvi, na zona norte de São Paulo.

No inicio, o número de integrantes da banda chegou a 40. “Não tinha nada em Guarulhos, nós éramos a alegria da cidade. Essa banda é a mais antiga de São Paulo”, destacou. Além do marido, já falecido,  que foi maestro da banda, Dolores também já teve o sogro e o cunhado que participaram do grupo. A sede da Banda Lira atualmente está localizada na rua Corina, n° 94, na região central.

Tristeza em não poder comemorar o aniversário em grande estilo

Apesar da grande trajetória nesses 111 anos, Lola também ressalta uma pequena mágoa por não realizar nenhum evento em comemoração ao aniversário do grupo. “Já tivemos a oportunidade de realizar oito apresentações em um único dia”, relembrou com saudosismo.

Lola assumiu a presidência da banda em 1989, e continua até o momento como organizadora da banda. “Quando a Banda Lira foi criada, faltavam instrumentos para os integrantes, que trabalhavam nas olarias, e com isso, a prefeitura na época realizou uma doação de 50 mil réis para efetuar as compras”, afirmou.

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here