Greve do lixo chega ao fim, mas prejudica 160 bairros

Antônio Boaventura

[email protected]

A greve dos coletores de lixo de Guarulhos foi encerrada nesta terça-feira. O movimento atingiu cerca de 160 bairros na segunda-feira, que ficaram com as ruas repletas de sacos de lixo. A Prefeitura informou que o serviço será normalizado hoje.

Em nota, a Prefeitura afirmou que foi surpreendida pelo movimento e culpou o Sindicato dos Condutores dos Trabalhadores Rodoviários de Guarulhos e Região (Sincoverg). Já a Trail, empresa responsável por esta atividade no município, não se pronunciou sobre o assunto.

De acordo com informações obtidas pelo HOJE, estava acordado o pagamento da Participação do Lucro Real (PLR) aos lixeiros até a última sexta-feira (13). O repasse teria sido alterado para a próxima sexta-feira (20), mas não houve comunicação com os funcionários. Esse foi o motivo da paralisação.

“Sabemos da nossa responsabilidade e da importância deste serviço para a cidade. Mas, não podemos aceitar o que foi feito. É como diz aquele ditado ‘Combinado não é caro’. E não foi cumprido o pagamento da PLR no dia 15”, disse um funcionário da Trail, que optou por manter em sigilo sua identidade.

 “A paralisação partiu dos próprios funcionários, que apenas comunicaram o sindicato. Eles tinham que pagar a PLR no dia 15 e posso dizer que a paralisação não partiu do sindicato”, justificou Maurício Brinquinho, presidente do Sincoverg.

Foto: Ivanildo Porto