Prefeitura posterga fiscalização dos veículos de transporte por aplicativo

Antônio Boaventura

[email protected]

A prefeitura, por meio da secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana (STMU), postergou pela terceira vez, em pouco mais de 30 dias, o processo de fiscalização dos veículos que realizam o transporte por aplicativo. A administração pública cravou o dia 21 para o início da fiscalização no município.

Independente da localidade em que estejam os passageiros, os motoristas estão deixando de atender o município de Guarulhos em função da possibilidade de serem multados. De acordo com os prestadores de serviço, a multa pode chegar em até R$ 8 mil.

“Não é um boicote. O pessoal está com medo de rodar, aqui, e os caras [agentes da Prefeitura] pegar e aplicar uma multa de R$ 8 mil. Isso complica. Eu sou de São Paulo e quando tenho que trazer um passageiro, desligo aplicativo. E o que você ganha no mês não dá pra pagar”, concluiu Israel Santos, 55, motorista de aplicativo há 1 ano.

A portaria assinada pelo secretário Paulo Carvalho aponta a alta procura dos motoristas do sistema de transporte como justificativa para a ampliação do prazo estabelecido, previsto no decreto de regulamentação assinado pelo prefeito Guti (PSB), que expirou no dia 06 do mês passado. De acordo com o governo municipal, quase 6 mil condutores já entregaram a documentação exigida para a obtenção da licença de circulação.

Foto: Ivanildo Porto