Guarulhos registra queda de 43% nos casos de AIDS nos últimos 12 meses

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A cidade de Guarulhos registrou uma queda de 43% nos casos de AIDS neste ano em comparação com 2018. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, foram notificados 96 casos da doença no ano passado em residentes no município contra 54 em 2019. Os dados são contabilizados pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

De acordo com a secretaria, os dados deste ano correspondem até o dia 28 do mês passado, e a faixa etária que concentra o maior número de casos no município é entre 20 aos 49 anos, com 70% das ocorrências neste ano. A secretaria também informou que a compra de preservativos para distribuição pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), segue normalizada.

Atualmente a administração municipal informou que a cidade conta com dois serviços especializados no tratamento ao HIV/AIDS, onde o acolhimento é por livre demanda. Os locais são o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Ubiratan Marcelino dos Santos, localizado no bairro do Gopoúva, além do SAE Carlos Cruz, no bairro do Jurema, região do Pimentas.

Existe também um serviço pediátrico lotado no Ambulatório da Criança e do Adolescente para o seguimento das crianças expostas ao HIV por transmissão vertical e crianças e adolescentes vivendo com a doença. Sobre as ações realizadas para tentar prevenir a doença, a secretaria afirmou que tem desenvolvido ações voltadas à ampliação do acesso à testagem para a captação precoce de casos novos de infecção pelo HIV, visando o encaminhamento em tempo oportuno para um dos serviços especializados.

“Entre as ações está à disponibilização dos testes rápidos para o diagnóstico do HIV em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e ações de testagem realizadas pela equipe do CTA Itinerante em diferentes regiões de Saúde. Também realiza ações de testagem na Atenção Básica aos fins de semana, dentro da programação do Saúde Agora”, destacou.

Em relação às ações voltadas à prevenção das novas infecções pelo HIV, o município oferta a Profilaxia Pós-Exposição (PEP) em todas as UPAs e serviços de pronto-atendimento (PAs) e a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) no CTA “Ubiratan Marcelino dos Santos”. Disponibiliza também insumos de prevenção (preservativos masculinos e femininos) em todas as UBS.

Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG