JJM ainda não enviou documentos para receber repasse de R$ 3,2 milhões da Prefeitura

O Hospital e Maternidade Jesus, José e Maria (JJM), localizado na avenida Doutor Renato de Andrade Maia, n° 1337, no bairro do Parque Renato Maia, ainda não recebeu o repasse da Prefeitura de Guarulhos, no valor de R$ 3,2 milhões, porque segundo a administração municipal, a instituição não apresentou os documentos necessários.

A prefeitura informou que os diretores do hospital não compareceram nesta quinta-feira (19), para assinar o acordo que permitiria efetuar o repasse. “O prefeito Guti lamenta que os valores, repassados pela Câmara Municipal como devolução do duodécimo, não cheguem ao JJM a tempo do pagamento do 13° salário, a principal reivindicação dos funcionários da instituição filantrópica”, informou o governo.

O HOJE entrou em contato telefônico com o JJM, porém, o hospital informou que somente o presidente do conselho deliberativo poderia se manifestar sobre esse assunto, porém, ele já não estava mais na unidade. Somente de verba pública, o hospital recebe R$ 55 milhões, sendo da prefeitura, R$ 33 milhões e o restante do dinheiro, R$ 21,6 milhões é custeado pela tabela do Sistema Único de Saúde (SUS), vinculado ao Ministério da Saúde, além de outra verba de R$ 4,2 milhões que a administração municipal repassa a mais para custear materiais e também salários de servidores.

O hospital atualmente tem uma média de 600 funcionários, além da realização mensal em média de 580 partos na cidade.