Prefeitura determina novas diretrizes para a realização de feiras livres em Guarulhos

Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG

Diante do grande número de reclamações recebidas sobre aglomerações em feiras livres no município e considerando que elas são consideradas serviços essenciais para o abastecimento da população no período de isolamento causado pela Covid-19, a Prefeitura de Guarulhos publicou nesta terça-feira (21) o decreto 36.811, que dispõe também sobre novas regras de funcionamento das feiras.

A partir de agora os comerciantes devem reduzir o tamanho das bancas e barracas para o limite máximo de 8 m e distanciamento de 60 cm das guias, abstendo-se de estacionar veículos e caminhões atrás dos equipamentos e oferecendo maior área central livre para a circulação e compras dos clientes.

De acordo com o prefeito Guti, mesmo que as feiras sejam realizadas ao ar livre é de grande importância que sigam as determinações para diminuir o risco de contaminação. “As pessoas precisam comprar os seus alimentos, mas sempre com segurança. É muito importante que a população também utilize máscaras para ir a esses locais, assim evitamos cada vez mais o risco de contágio em todos os ambientes”, afirma.

Além disso, deve-se manter a distância mínima de 1 metro entre cada banca ou barraca, disponibilizar máscaras e luvas de proteção para seus funcionários em atendimento ao público, instalar barreiras físicas (fitas de isolamento), principalmente nas barracas de caldo de cana e de pastel, a fim de desestimular o consumo imediato de alimentos no local, manter uma única pessoa na função de recebimento de valores e manuseio de dinheiro e de cartões de débito/crédito e promover e divulgar o sistema de fornecimento de mercadorias, com entrega em domicílio.