Palmeiras entra em acordo com time do Catar e sela a saída do atacante Dudu

O Palmeiras selou nesta segunda-feira a saída do atacante Dudu para o Al-Duhail, do Catar. O jogador deixa o clube por empréstimo válido por uma temporada. O time do Oriente Médio pagará no momento 7 milhões de euros (cerca de R$ 42 milhões) e poderá dobrar o valor ao final desse período para efetivar a compra caso o jogador atinja metas de gols e de participações em jogos.

A confirmação encerra uma longa expectativa por parte do Palmeiras e do jogador. Dudu havia indicado semanas atrás ao clube que gostaria de ser negociado. Logo depois, os empresários receberam o contato do time catariano e cuidaram dos contatos para que a proposta oficial chegasse ao time alviverde. Após uma espera que durou toda a última semana, as conversas evoluíram no último sábado.

Dudu já esteve prestes a deixar o clube em outras ocasiões nos anos anteriores, quando duas propostas da China deixaram o atacante interessado. Mas pesou o plano do Palmeiras em segurar o jogador ao apresentar novos planos de carreira, renovação de contrato e aumento salarial. Agora no Catar o atacante deverá receber o dobro do salário que ganhava no time alviverde.

A proposta se tornou vantajosa para o clube primeiramente por deixar alinhada a manutenção de 20% dos direitos econômicos do jogador e negociar os 80% restantes. Com isso, o Palmeiras pode lucrar também em uma venda futura. Outro fator determinante foi o valor da proposta do Catar ter sido o dobro do pago pelo time alviverde no início de 2015, quando comprou os direitos do atacante junto ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

Dudu vivia no Brasil também um momento conturbado da vida pessoal. Acusado de agressão pela ex-mulher, Mallu Ohanna, o jogador negava ter cometido o crime. Na semana passada, obteve uma vitória na Justiça ao conseguir que o pedido da defesa de Mallu para que o atacante mantivesse distância dela como medida protetiva fosse negado por falta de provas.

No clube desde 2015, Dudu foi protagonista das conquistas dos três últimos títulos nacionais do clube: a Copa do Brasil, em 2015, e os Campeonatos Brasileiros de 2016 e de 2018.