Cidade: Em parceria com inciativa privada, Prefeitura disponibiliza testes para Covid-19 aos motociclistas

Em seu dia, motociclistas ganharam testes para Covid-19 em ação realizada pela Prefeitura de Guarulhos e a inciativa privada - Crédito: Ivanildo Porto

Antônio Boaventura
[email protected]

Através da secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU) e a secretaria de Saúde, a Prefeitura de Guarulhos em parceria com a concessionária responsável pelo sistema viário Ayrton Senna – Carvalho Pinto e uma seguradora disponibilizaram nesta segunda-feira (27) nas proximidades do parque Bosque Maia, localizado na região central, cerca de 50 testes para Covid-19 aos motociclistas por conta da data comemorativa dedicada a estes condutores.

De acordo com o Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga-SP), o número de mortes causadas por motociclistas apresenta uma leve redução no município nos últimos três meses. Em abril foram registrados três óbitos, no mês subsequente este número foi elevado para cinco e no mês anterior houve quatro mortes com envolvimento deste modelo de veículo.

“Nós estamos comemorando o dia do motociclista e parabenizando, além de alertar sobre o aumento do número de acidentes no trânsito relacionado ao motociclista neste período de pandemia relacionado ao delivery. Atentando a esta correria deles no dia a dia da dificuldade de cuidar da saúde”, disse uma servidora pública que se identificou com o nome de Laila.

Na última sexta-feira (24), esta mesma ação foi realizada na rodovia Ayrton Senna. Naquela ocasião foi disponibilizados 34 testes. Após a realização dos mesmos, foi constatado a presença do vírus no organismo de dois motociclistas. De acordo com a organização, até o momento, não houve nenhum teste positivo nos realizados nesta segunda-feira. Após a coleta do material o resultado é divulgado em 15 minutos.

No caso de algum motociclista testar positivo, a orientação é para que este fique em isolamento pelo período de sete dias. Além do teste, os motociclistas receberam um kit com máscara e álcool em gel, além de uma antena anti-pipa. “É uma atitude louvável em virtude dessa dificuldade de realizar este exame pelo custo e pela dificuldade esta é uma oportunidade do motociclista fazê-lo. É a primeira vez que faço o teste, escutei em uma emissora de rádio e vim fazer o teste”, concluiu o motociclista Celso Baleiro.