Saúde: Prefeitura retoma testes para covid-19 nos dias 8 e 9 do próximo mês

Antônio Boaventura
[email protected]

A Prefeitura de Guarulhos volta à oferecer testes rápidos para covid-19. De acordo com José Mário, secretário de Saúde, e o prefeito Guti (PSD), esta ação deve acontecer nos dias 8 e 9 do próximo mês na região do Bosque Maia. No entanto, os mesmos não revelaram quantos testes estarão disponíveis para esta iniciativa. Os insumos foram cedidos pelo Governo Federal, através do Ministério da Saúde.

“Começaram a chegar os testes e vamos fazer a busca ativa. Essa ação serve para diminuir o índice de assintomáticos, que podem infectar os demais. A primeira semana da testagem volta nos dias 8 e 9 de outubro na região do Bosque Maia”, declarou José Mário.

Segundo ele, a testagem será realizada no município enquanto durar o estoque. No último mutirão realizado na cidade, cerca de 44 mil pessoas usufruíram deste serviço, que detectou 19% delas contaminadas pelo vírus, ou seja, aproximadamente nove mil pessoas. “A nossa situação é ainda bastante confortável por conta do sucesso dos mutirões [realizados]”, encerrou.

De acordo com a Prefeitura, Guarulhos registra atualmente 23.977 pessoas infectadas pelo covid-19. Destas, 6.802 estão na região central, aquela que apresenta o maior índice de contaminados na cidade. A região do Jardim São João vem na sequência com 6.253, precedida dos bairros que compõe a região da Cantareira com 6.092 e Pimentas com outras 4.681, além de 149 que não foram identificadas.

Em contrapartida, as regiões central e da cantareira são aquelas que registram maior número de morte. No Centro, foram registrados 384 óbitos dos 1.346, até o momento, enquanto na Cantareira 376 pessoas perderam a vida em decorrência da contaminação provocada pelo vírus. A região do Pimentas registra 310 mortes e nos bairros da região próxima ao Jardim São João outras 276.

A taxa de cura, de acordo com a Secretaria de Saúde, é de 92%. Já o índice de letalidade registrado é de 6,61%. Os dados referentes ao covid-19 foram atualizados pela Administração Pública, às 13h, desta quinta-feira (17). A ocupação de leitos de UTI está em 74,4% de sua capacidade e os de enfermaria 69%.