Por causa dos casos de covid-19, Vôlei Guarulhos desiste de participar da Copa Brasil

Da Redação
[email protected]

Depois de adiar a partida contra o Taubaté, válida pela edição desta temporada da Superliga de Vôlei Masculino, o Vôlei Guarulhos desistiu de participar da Copa Brasil por conta dos casos de covid-19 confirmados na equipe guarulhense. O duelo contra o Itapetininga pela principal competição do vôlei nacional também será reagendado. A equipe também optou por não revelar os nomes dos atletas que estão infectados.

Com cinco dias de atividades paralisadas, por precaução, após a confirmação do primeiro caso de Covid-19 na equipe, o Vedacit Vôlei Guarulhos se reapresentou nessa segunda-feira (11) para a retomada dos treinos e uma nova bateria de exames PCR/Antígeno. Os testes confirmaram mais três casos positivos.

Os atletas já estão isolados e serão acompanhados pela equipe médica do INA (Instituto do Atleta) e pelo nosso fisioterapeuta Cláudio Zezza. Todos apresentam sintomas leves – febre e dores no corpo.

Com quatro casos confirmados e seguindo o objetivo de conter a contaminação, não poderemos participar da Copa Brasil – dia 14 contra o SADA Cruzeiro, e do confronto contra Itapetininga, marcado para o dia 16/01. Este último pela Superliga Banco do Brasil será reagendado.

“Vamos sanitizar todos os ambientes do Ginásio da Ponte Grande (Guarulhos), assim como a moradia dos atletas, mantendo rigorosamente os protocolos de prevenção. Motivo pelo qual optamos pelo adiamento do jogo contra Taubaté no último sábado, dia 9, evitando expor os integrantes e o time adversário ao risco de contaminação”, disse Anderson Marsili, presidente do Vôlei Guarulhos.