Após cobrança de Guti, Doria agenda reunião para discutir quantidade de doses de vacina destinada à Guarulhos

O prefeito Guti deve se reunir na próxima semana com representantes do governo estadual para discutir a quantidade de doses da vacina contra a convid-19 que Guarulhos vem recebendo.

“Mostrei os números das doses de vacinas recebidas pelas cidades paulistas e, se for com base em população, Guarulhos está se sentindo prejudicada. Assim, teremos uma reunião com uma diretora estadual, intermediada pelo deputado estadual Jorge Wilson Xerife do Consumidor, para entendermos com o governo federal porque Guarulhos está recebendo menos e, na próxima remessa de vacinas, ter a proporcionalidade esperada”, afirmou o prefeito Guti que se reuniu com o governador João Doria neste sábado durante a inauguração da Praça da Cidadania, no Sítio São Francisco.

Até o momento a cidade recebeu 55.182 doses, enquanto cidades com população inferior foram contempladas com mais imunizantes. Um exemplo disso é Campinas que, com população de 1.213.792 pessoas, recebeu 93.275 doses da vacina.

Segundo Doria, a discrepância na distribuição não é culpa do estado. “Quem comanda a vacinação é o Ministério da Saúde e não o Estado de São Paulo. É que São Paulo tem tido uma participação tão relevante que as pessoas esquecem que quem comanda é o ministério. Dessa forma, quem estabelece a proporcionalidade da população em relação a quantidade de doses para estados e município é o Plano Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde”, disse.