Jorginho Mota é o primeiro vereador com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Foto: Hoje TV

O convidado desta sexta-feira (1º) do HOJE TV, apresentado pelo jornalista Maurício Siqueira, foi Jorginho Mota (PTC), o primeiro vereador de Guarulhos com Transtorno do Espectro Autista (TEA), condição que altera o desenvolvimento neurológico, sobretudo, marcada por desafios de interação social e comunicação.

“Hoje nós temos dois milhões de autistas no Brasil e percebemos que falar de políticas públicas e atender essa demanda não é fácil. Em Guarulhos estamos com 15 mil crianças, aproximadamente, diagnosticadas com TEA. Porém, ainda não temos esses números comprovados. Justamente porque o censo que seria realizado pelo IBGE em 2020, com a vinda da pandemia acabou não acontecendo”, afirmou o vereador.

Mota descobriu o transtorno há pouco mais de dois anos, após o diagnóstico do filho e passou a entender o motivo de sua timidez e a dificuldade de frequentar ambientes com muitas pessoas. “Eu, por exemplo, descobri que eu era autista através do meu filho, Téo Jorge, que hoje está com cinco anos e também tem o mesmo nível e grau que eu. Quando criança eu fui diagnosticado com síndrome do pânico, porque eu não conseguia, por exemplo, ficar em um elevador com muita gente. Se antigamente a medicina fosse melhor voltada para o autismo, como hoje, certamente eu teria um diagnóstico precoce. Essa minha questão de gostar das coisas sempre muitas organizadas, a mudança para o autista é muito difícil e para mim, a mudança sempre foi muito difícil”, declarou ele.

De acordo com o vereador, hoje, ele não só defende a bandeira do TEA, mas, também serve de exemplo para os pais e as crianças em que o autismo está sendo trabalhado. “Me surpreende eu ter chegado aonde menos poderia imaginar. Venho de uma família humilde e ocupo uma das 34 cadeiras da segunda maior cidade do Estado de São Paulo e por coincidência, é o segundo município mais difícil de se alcançar uma cadeira no Legislativo. Estudos dizem que é mais fácil você passar no vestibular para medicina da Universidade de São Paulo (USP) do que ser vereador em Guarulhos”, finalizou ele.

O programa vai ao ar de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 9h, e pode ser acessado no Facebook (guarulhoshoje), YouTube (HOJE TV) ou pelo site www.guarulhoshoje.com.br.

- PUBLICIDADE -