Analfabetismo Virtual: nova forma de comunicação atrapalha a Língua Portuguesa

Foto: Hoje TV

“O que se vê hoje em dia é um assassinato da Língua Portuguesa com essas constantes abreviações, daqui a pouco não vão mais colocar acento e nem pontuação em nada”, afirmou Joara de Cássia Brigo, que é professora e especialista em Língua Portuguesa e Literaturas pela FIG/Unimesp, a entrevistada desta quinta-feira (30) no HOJE TV, apresentado pelo jornalista Maurício Siqueira.

A professora explicou que a nova forma de comunicação, através da abreviação das palavras, atrapalha a Língua Portuguesa. “Eu sempre digo aos meus alunos, e para todas as pessoas, que o importante é falar simples, mas de modo correto. Escrever simples, mas de maneira correta. Os erros mais comuns são quanto ao emprego do infinitivo, aonde se engole o ‘r’ das palavras, o gerundismo no lugar do futuro do presente e tantas outros”, disse.

De acordo com Joara, mesmo em relação a tudo ser virtual com o período pós pandemia, o que se percebe é que muita gente, além de escrever errado, também está falando de forma incorreta. “É claro que, neste caso, a escrita é pior. Qualquer professor de português que pega um texto escrito vai ficar sempre atento aos erros de concordância, regência, pontuação e exagero no uso da vírgula. Para tudo existem regras”, ressaltou.

A especialista expôs ser contra a gramática que se decora. “Eu sou a favor da gramática textual, a que se aprende dentro dos textos. O que eu percebo é que muita gente tem contexto, porém não sabe usar a própria linguagem e isso é muito triste, pois a Língua Portuguesa está em tudo e ela nos representa, o tempo todo estamos nos comunicando e precisamos fazer isso de modo adequado”, finalizou.

O programa vai ao ar de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 9h e pode ser acessado no Facebook (guarulhoshoje), YouTube (HOJE TV) ou pelo site www.guarulhoshoje.com.br.

- PUBLICIDADE -