Os motoristas de Guaru­lhos deverão ficar atentos à nova Lei nº 13.290/2016, de transito, que torna obrigató­rio o uso, nas rodovias e nos túneis, de farol baixo aceso durante o dia.

A partir de 8 de julho quem descumprir dessa nova norma, que é con­siderada infração média, fica com quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e terá que pagar uma multa no valor de R$ 85,13. A atenção deve ser redo­brada na cidade por conta de que muitos guarulhenses utilizam as rodovias que cortam Guarulhos como avenidas.

O estudante Bruno Almei­da, de 24 anos, que mora no Pimentas e estuda na Universidade Guarulhos (UnG), no centro, usa a rodovia Presidente Dutra diariamente e acha a lei desnecessária. “Durante o dia, no sol, mal dá para reparar a lanterna do carro acesa, até no farol alto. Em dias de chuva quando o tempo escurece a maio­ria dos motoristas já tem a consciência de ligar”, comentou.

O estudante de Publici­dade e Propaganda ainda ressalta outros problemas que são encontrados nas rodovias. “É constante ver veículos parados nos acostamentos por falta de acompanhamento de água no radiador, óleo baixo, ou falta de gasolina”, concluiu Almeida. A Dutra, que liga o Rio de Janeiro com São Paulo, tem fluxo de 190 mil veículos por dia, represen­tando um aumento de 8% em relação a 2015.

Pane – Nas rodovias que cortam a cidade, os casos de pane seca (falta de ga­solina) aumentaram. A CCR Nova Dutra informou que até abril deste ano foram 444 ocorrências deste tipo no trecho que corta Guaru­lhos. A Ecopistas, responsá­vel pela Ayrton Senna disse que 285 casos foram regis­trados nos quatro primeiros meses do ano no trecho. Já a Autopistas Fernão Dias divulgou foram registradas 17 de casos na parte que corta a cidade. A pane seca é também considerada uma infração média.

Reportagem: Gustavo Druzian
Foto: Ivanildo Porto

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here