A equipe de vôlei masculino do Corinthians-Guarulhos permanece na elite do voleibol nacional. Essa condição só foi possível por conta do acordo formalizado com o time do Montes Claros, da cidade mineira que carrega o mesmo nome. Com o aluguel do CNPJ dos mineiros, o selecionado paulista permanece na Superliga A.

Nesta edição da Superliga, o Montes Claros encerrou sua participação na 9ª posição com 22 pontos conquistados em 22 jogos realizados. Sem acordo com a prefeitura local, o time do estado de Minas Gerais corria o risco de ficar de fora da competição nacional. No entanto, os mandos de jogos irão pertencer ao Corinthians-Guarulhos, que joga como mandante no ginásio Arnaldo José Celeste, conhecida como Ponte Grande.

Já o Alvinegro, que rompeu com o São Bernardo e sem CNPJ próprio poderia acabar na 3ª divisão do vôlei nacional, conquistou sua classificação para a fase quartas de final, mas acabou eliminado pelo Sesi-SP com duas derrotas nesta etapa do campeonato.

Entretanto, a direção da equipe do Corinthians-Guarulhos afirmou que não poderia confirmar esta informação obtida pelo HOJE, mas que o anúncio oficial deve ocorrer após o feriado desta terça-feira (1º de maio). Para a próxima temporada, a equipe garantiu a permanência de Serginho, Riad, Sidão e Fábio.

“Não posso confirmar isso. Só posso garantir que vamos jogar a Superliga A e será Corinthians-Guarulhos. Não posso dar declarações sobre isso ainda. Só depois do anúncio oficial, que deve acontecer depois do feriado”, explicou Anderson Marsili, gestor da equipe.

Antônio Boaventura

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here