Recadastramento para quem recebe insumos domiciliares em Guarulhos termina dia 10

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Guarulhos deram início no sábado (29) ao recadastramento dos pacientes que recebem insumos domiciliares, procedimento que é obrigatório para a continuidade da assistência e deve ser efetuado até a próxima quarta-feira (10). Além disso, todas as 69 UBSs funcionaram para a realização de mais uma edição do mutirão de coleta de papanicolau (exame de prevenção do câncer do colo de útero e outras doenças ginecológicas).

De acordo com o balanço do sábado divulgado pela Secretaria de Saúde, a abertura das UBSs resultou em mais de 9.300 atendimentos. Na oportunidade, foram realizados 4.921 exames de papanicolau e recadastradas 930 pessoas que recebem insumos em casa, tais como fraldas, gazes, sondas, dietas e suplementos alimentares, entre outros.

A atualização cadastral deve ser feita pelo próprio beneficiário ou por seu representante legal entre 8h e 16h na UBS onde possui o cadastro, sendo necessário apresentar originais e cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, Cartão Nacional de Saúde e comprovante de endereço.

Balanço:

Além de coletar 4.921 exames de papanicolau, sendo 4.158 em mulheres na faixa etária de 25 a 64 anos e 763 nas demais idades, e efetuar o recadastramento de 930 pacientes que recebem insumos domiciliares, as UBSs também realizaram 173 consultas médicas, 35 odontológicas, 249 exames para diagnóstico da tuberculose e 205 testes rápidos para detecção de doenças como HIV, sífilis e hepatites B e C.

Neste dia de mutirão foram aplicadas ainda 1.642 vacinas (396 contra a febre amarela), realizadas 42 visitas domiciliares e 350 regularizações do programa Bolsa Família, além da dispensação de medicamentos nas farmácias das unidades.

“O atendimento foi maravilhoso”, elogiou Silvana Caetano de Souza Silva, que fez o papanicolau na UBS Jardim Vila Galvão. A usuária Rosita da Silvaconcordou com Silvana: “A iniciativa é muito boa, pois trabalho de segunda a sexta e para mim o sábado é melhor”, disse.