EDP investe mais de R$ 20 milhões em Guarulhos em 2019 e dá início a Operação Verão

A EDP, Distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, investiu mais de R$ 20 milhões na cidade em 2019 com foco na expansão e modernização da rede elétrica, infraestrutura e atendimento aos seus consumidores. Em toda a área de concessão da Companhia em São Paulo, que também abrange o Alto Tietê, o Vale do Paraíba e o Litoral Norte, foi investido mais de R$ 1 bilhão nos últimos quatro anos.

Estes aportes ampliam a confiabilidade do sistema, principalmente, para a chegada do período chuvoso, na qual a rede fica mais suscetível a impactos externos. Com foco nestes meses críticos, a EDP lança oficialmente hoje a Operação Verão 2019/2020, consolidando todo o trabalho realizado durante o ano e reforçando seu efetivo para as situações de emergência, com objetivo de minimizar o impacto do clima ao fornecimento de energia.

A previsão para este verão é de tempestades curtas com muita severidade, incluindo temporais com fortes chuvas, ventos e descargas atmosféricas em localidades concentradas. Para o atendimento, serão mobilizados cerca de 900 colaboradores, entre engenheiros, técnicos, eletricistas e gestores, que atuarão continuamente para reconstituir o sistema elétrico em caso de necessidade, além de recompor as redes danificadas.

Reforço e melhorias do sistema

Durante o ano destacou-se a conclusão da obra de conexão do Aeroporto de Guarulhos e da Subestação Valter José dos Santos à nova fonte de suprimento de alta tensão Água Azul, aumentando a confiabilidade do fornecimento de energia para toda a região. Além disso, as subestações Vila Galvão, Gopoúva e Valter José dos Santos tiveram seus sistemas de automação e proteção totalmente modernizados com as mais altas tecnologias, beneficiando 120 mil clientes.

Ao longo do período também foram substituídos mais de 35 km de rede comum por cabos protegidos, implantados 15.6 mil espaçadores de rede e substituídos mais de 300 postes. Além disso, a vegetação, principal agente de impacto na rede elétrica, também recebeu atenção especial.  Para o serviço de poda de árvores próximas à fiação foram investidos mais de R$ 760 mil, visando equilibrar o meio ambiente local com a qualidade do fornecimento de energia. Neste trabalho, a EDP utiliza a tecnologia do tomógrafo ecológico (penetrógrafo), equipamento que auxilia no diagnóstico da saúde das árvores, ampliando a eficácia da poda da vegetação.

Outro destaque de tecnologia aplicada para a qualidade do serviço é o Drone SIAD-AERO (Sistema Autônomo-Cooperativo de Planejamento e Execução de Inspeção de Ativos de Energia), equipamento composto por uma plataforma integrada com sensores que geram imagens das redes elétricas por meio de voos e, a partir de algoritmos com uso de inteligência artificial, diagnosticam o melhor plano de manutenção das subestações e redes.

Este cenário de investimentos contínuos permitiu que a EDP atingisse excelentes indicadores de qualidade do serviço. Atualmente, o tempo médio que os clientes da EDP ficam com o abastecimento de energia interrompido é cerca de 40% menor do que a média nacional.

“Atuamos firmemente durante o ano para ampliar e modernizar o sistema elétrico da região, buscando a excelência no serviço prestado com a máxima eficiência. Agora, começamos a Operação Verão com ânimo total, reforçando nosso corpo de atendimento para minimizar o impacto das mudanças climáticas, com toda segurança e conforto aos nossos clientes”, destaca Marney Antunes, diretor geral da EDP.