Moradora do Parque Continental III reclama de forte odor do Aterro Sanitário

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A dona de casa Ana Paula dos Santos Lima, 34,alega que o forte odor do Aterro Sanitário, localizado no bairro do Cabuçu, está voltando a atormentar os moradores do Parque Continental III. O problema de acordo com Ana teria voltado no final do ano passado, e o cheiro vem piorando principalmente com a alta temporada de calor.

“Eu sempre estou sentindo um cheiro insuportável depois das 16h. Tivemos que fechar as janelas de casa e ligar o ventilador, porque ninguém estava aguentando mais”, destacou a moradora, alegando que o forte odor de lixo chega a ficar pelo bairro até por volta das 22h, e que os moradores já realizaram novamente reclamações com a prefeitura.

Em nota, a Secretaria de Serviços Públicos informou que os técnicos da administração pública estão trabalhando todos os dias no Aterro Sanitário da cidade, com o objetivo de acompanhar os trabalhos de manutenção no local. “Técnicos da Secretaria de Serviços e técnicos do aterro CDR (vizinho) verificam as reclamações através de vistoria nos endereços dos reclamantes”.

 A prefeitura também informou que o inibidor de odor é pulverizado  quando há movimentação de resíduos e que atualmente, não existe odor na área que ocorreu o incidente dia 28 de dezembro de 2018. No inicio do ano passado, a prefeitura aplicou o inibidor de odores no Aterro Sanitário visando a amenizar o mau cheiro emitido pelos resíduos orgânicos em decomposição.

O inibidor utilizado pela prefeitura em 2019 é uma espécie de detergente, além de 100% biodegradável e inofensivo as formas de vida. Na ocasião, a administração municipal também chegou a divulgar uma página específica na internet onde ficariam as informações sobre o Aterro Sanitário (https://www.guarulhos.sp.gov.br/pagina/aterro-sanit%c3%a1rio-de-guarulhos), porém, a página não está funcionando.

Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG