Escola estadual no Santos Dumont sofre furto de fios da rede elétrica

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A Escola Estadual Professor Maurício Nazar, localizada na rua João Dias, n° 247, no bairro Parque Santos Dumont, sofreu o segundo furto de fios da rede elétrica em menos de dois meses, segundo o motorista Marcelo Cardoso, 46, alegando que o entorno da escola carece pela falta de segurança da Polícia Militar.

“Fui verificar a matrícula da minha filha nesta segunda e acabei não conseguindo porque não tinha energia”, destacou o motorista, informando que a filha de 11 anos realizou o pedido de transferência da escola municipal para a estadual, porém, Cardoso foi informado pelos profissionais da unidade de que deveria comparecer novamente na escola nesta terça-feira (14).

Em nota enviada ao HOJE, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo (Seduc), lamentou que a escola tenha sido vítima de furto, além de citar que um boletim de ocorrência foi registrado e todas as providências para reposição dos cabos estão sendo tomadas.

“A escola possui parceria com a Ronda Escolar para policiamento de seu entorno, o Gabinete Integrado de Segurança e Proteção Escolar (Gispec), que conta com servidores da Educação e da Polícia Militar, contribui para o planejamento das estratégias de segurança em toda a rede. A direção da unidade estão à disposição dos responsáveis para quaisquer esclarecimentos”, informou a secretaria.

O furto dos fios ocorreu no final de semana, de acordo com a secretaria, alegando que não houve nenhum problema com a questão de rematrícula e pedido de transferência de alunos, que já pode ser consultado através do site (https://sed.educacao.sp.gov.br/ConsultaPublica/Consulta).

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), informou que a 1ª Cia do 31º BPM/M realiza policiamento no Parque Santos Dumont e analisa, constantemente os índices criminais para reorientar o patrulhamento, realizado pelos programas de Radiopatrulha, Força Tática, ROCAM, Ronda Escolar e Policiamento Comunitário. “O caso citado foi registrado no último sábado (11) no 7º Distrito Policial do município, que irá instaurar inquérito policial para investigar os fatos”, destacou a SSP.

Foto: Ivanildo Porto