Professor das Faculdades Guarulhos recebe prêmio internacional

O professor Adriano Oliveira Bezerra, que leciona na grnos Faculdades Guarulhos, com campus na rua Barão de Mauá, Centro de Guarulhos, foi escolhido para receber o Prêmio “Cecile and Ken Youner”, da International Kidney Cancer Coalition (IKCC).

Trata-se de uma associação norte-americana, formada por cientistas na área de Onco-urologia. Anualmente, o comitê da IKCC analisa os melhores resultados envolvendo avanços no Câncer Renal e premia o cientista de maior destaque em resultados de Carcinoma Renal em nível mundial.

Professor dos cursos de graduação em Enfermagem e Fisioterapia e na pós-graduação em Psicopedagogia, Adriano tem apenas 27 anos de idade, é bacharel em Biomedicina, habilitado em Imagenologia e Biologia Molecular. Possui Mestrado em Oncologia pela Fundação Antônio Prudente (A.C.Camargo Cancer Center). Está cursando Doutorado também em Oncologia, onde atua com Microcirurgia Experimental em Modelo Animal, envolvendo Xenoenxertos Tumorais de Carcinoma de Células Renais e Tumores Raros.

Tem trabalhos publicados e reconhecidos internacionalmente e colabora com projetos de pesquisa entre diversas instituições como a Universidade de Coimbra em Portugal, a Universidade Federal de Uberlândia (MG), o Instituto Nacional do Câncer no Rio de Janeiro e, mais recentemente, firmou parceria com a UC Davis Comprehensive Cancer Center nos Estados Unidos. Trabalha há cinco anos com pesquisa translacional envolvendo o câncer renal e há cerca de dois anos passou a integrar o grupo de docentes das Faculdades Guarulhos. O prêmio lhe dará direito a uma bolsa de estudos na IKCC.

Ele comentou a respeito de sua notável conquista: “Atualmente, a pesquisa envolvendo modelos de xenoenxertos derivados de pacientes representa uma importante ferramenta para a Oncologia Personalizada, devido a sua capacidade de simular grande parte das características presentes em tumores humanos, permitindo desta forma estudar os tumores, paciente a paciente. Recentemente, nós conseguimos estabelecer no A. C. Camargo Cancer Center uma plataforma de estudos baseada em tumores renais, utilizando o modelo de xenoenxertos tumorais humanos. Diante disso, temos a oportunidade de explorar a individualidade, heterogeneidade tumoral e a imprevisibilidade da progressão tumoral em pacientes com tumores renais. Além disso, as análises de alterações genômicas presentes nesses tumores nos permitirá identificar a melhor droga para o tratamento de pacientes específicos”. A entrega do prêmio estava marcada para acontecer entre 16 e 18 de abril, em Singapura, na Ásia. No entanto, devido ao alto índice de casos confirmados de Coronavírus (COVID-19), o comitê da IKCC decidiu adiar a cerimônia e mudar o local. Agora, a cerimônia deverá acontecer na Europa, provavelmente em Amsterdã, no segundo semestre, em data ainda a ser definida.