Covid-19: Hospital de Campanha registra custo de R$ 808 por paciente atendido

Hospital de Campanha de Guarulhos será desativado nesta sexta-feira (04) depois de cinco meses de funcionamento - Crédito: Divulgação

Antônio Boaventura
[email protected]

Com atividades previstas para serem encerradas nesta sexta-feira (04), o hospital de campanha de Guarulhos, denominado de Centro de Combate ao Coronavírus (3C Gru), registra custo de R$ 808 por paciente atendido durante os mais de 160 dias de funcionamento. Nesta quarta-feira (02), o prefeito Guti (PSD) revelou que o contrato para gestão daquele equipamento custou aos cofres públicos guarulhense o montante de R$ 33 milhões.

“Em relação aqueles que nos criticam e que não estavam no nosso lugar para tomar as decisões no momento de pandemia, os gastos que tivemos acabou dando mais ou menos R$ 800 a R$ 808 por paciente. Quanto vale uma vida? Dos 808 pacientes que foram salvos será que vale a pena investir R$ 808? Amanhã felizmente temos a satisfação de entregar o hospital, que tanto fez por nós guarulhenses nesses cinco meses”, explicou José Mário, secretário de Saúde.

Um homem, de 63 anos, que teve sua identidade preservada e deu entrada no local em estado grave há sete dias e foi direto para a UTI, deixou nesta quarta-feira (02) a unidade totalmente curado e com uma grande festa preparada pelos profissionais para celebrar mais uma vida salva dentre as mais de 600 que conseguiram se recuperar. Durante os cinco meses de funcionamento, o hospital de campanha contabilizou mais de 800 internações de pacientes graves, pouco mais de 120 transferências, 89.500 exames (bioquímicos, ultrassom, tomografia computadorizada e raio X) e 86 óbitos.

“Com muito orgulho e muita gratidão à todos que participaram dessa envergadura enorme de salvar vidas no nosso hospital 3C Gru, que realizou mais de 90 mil exames, mais de 40 mil munícipes atendidos, aproximadamente 850 pessoas internadas em situação difícil e dessas 808 saíram com vidas”, encerrou José Mário.

Os primeiros atendimentos do 3C Gru foram realizados, através, do sistema drive-thru. Naquele local, a administração pública disponibilizou 70 leitos, sendo 14 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros 56 para casos classificados como de alta complexidade. Mas, com a crescente no número de casos de covid-19 na cidade durante o mês de junho, o governo municipal criou mais 10 leitos de UTI para reforçar o atendimento à população. De acordo com a Prefeitura, 605 pessoas que procuraram o 3C Gru foram recuperadas da infecção provocada pelo vírus.